31/08/2023

Antifraude para e-commerce: vale a pena?

Ter uma proteção eficiente contra golpes usando um sistema antifraude pode ser a peça-chave para o sucesso do seu e-commerce.

Indira Bovolenta Indira Bovolenta
Ter uma proteção eficiente contra golpes usando um sistema antifraude pode ser a peça-chave para o sucesso do seu e-commerce.

Assim como uma loja física, um e-commerce precisa ter medidas de segurança tanto para o negócio quanto para os clientes. Afinal, com as inúmeras tentativas de fraude que acontecem a todo instante, estar atento e protegido é fundamental para continuar no mercado. E é aqui que entra o antifraude.

Acompanhe o texto para ficar por dentro desse assunto!

O que é antifraude para e-commerce e como se aplica

Como o nome sugere, antifraude é um sistema para prevenir e/ou detectar atividades fraudulentas. Ele combina diversas tecnologias, como inteligência artificial, machine learning e análise comportamental, para lidar com diferentes tipos de fraudes, desde roubo de identidade até golpes financeiros.

No e-commerce, é uma solução que protegerá não apenas a saúde financeira da loja, mas também sua reputação. Geralmente, funciona como uma camada a mais de proteção além da análise do próprio emissor do cartão. Assim, o antifraude avalia a autenticidade da transação, decidindo sua aprovação ou bloqueio.

Se quiser saber mais sobre como esse sistema funciona, confira nosso artigo O que é antifraude.

Tipos de fraude mais comuns no e-commerce

Sem a proteção de um sistema antifraude, sua loja virtual corre o risco de ser alvo de diversos golpes, tais como:

  • Fraude deliberada

É o tipo mais comum. Ocorre quando uma pessoa tem seus dados vazados ou seu cartão de crédito é roubado ou clonado. Os fraudadores usam essas informações para se passar por essa vítima e fazer compras em seu nome.

Quando o titular do cartão percebe a cobrança por algo que não comprou, irá contestar a transação e solicitar o reembolso — o famoso chargeback.

  • Fraude amigável

Ocorre quando um familiar ou pessoa próxima do titular do cartão realiza uma compra com os dados dele sem o seu consentimento.

Esse tipo de fraude nem sempre é mal-intencionada. Um exemplo é quando uma criança faz compras dentro de jogos online utilizando o cartão dos pais. De qualquer forma, esse tipo de fraude também pode gerar chargeback.

  • Autofraude

Ocorre quando o próprio titular faz a compra, recebe o produto, mas depois alega que nunca comprou ou que nunca chegou. Assim, ele solicita a devolução do dinheiro mesmo tendo o item em mãos.

Benefícios de se ter um antifraude para

e-commerce

Utilizar um sistema antifraude em sua loja traz diversos benefícios. Afinal, prevenindo atividades fraudulentas, você:

  • Reduz prejuízos e chargeback

Cair em golpes é caro. Quando ocorre uma fraude, além de precisar devolver o dinheiro da compra ao titular, você também perde o produto que foi produzido e/ou enviado. E se o volume de chargeback for muito alto, a loja pode ser penalizada pelas bandeiras de cartão de crédito, recebendo advertências, multas e até sofrer descredenciamento. Mas ao ser rigoroso na análise de compras, você mantém esses riscos no mínimo.

  • Garante segurança para seus clientes

Com um sistema antifraude, transações duvidosas são bloqueadas, protegendo os dados dos seus clientes. O sistema também pode prevenir que os clientes tenham seus dados roubados dentro da sua plataforma.

  • Garante mais praticidade nas rotinas

Com um sistema antifraude, o processo de análise passa a ser automatizado e você não precisa verificar manualmente cada transação, otimizando seu tempo. E, claro, com menos fraudes, você lida com menos burocracia.

  • Preserva a credibilidade e reputação da loja

A confiança é a chave no mundo dos negócios. Nenhuma loja deseja ser lembrada por sofrer muitas fraudes. Ao investir em segurança, você fortalece a imagem da sua marca como uma referência de confiabilidade, tanto para os clientes quanto para as operadoras de cartão.

Como escolher um antifraude para

e-commerce

Não existe uma fórmula mágica ou um sistema antifraude universalmente perfeito. Cada e-commerce tem suas particularidades, vulnerabilidades e demandas. Portanto, mergulhar nas características do seu negócio e compreender quais tipos de fraude são mais frequentes ajudará na busca pela solução mais adequada.

Na hora de escolher um antifraude, também vale conferir o tempo de atuação no mercado, a qualidade do atendimento e como são as entregas — se é rápida, se é confiável, se é de qualidade, e se possui um nível de personalização adequado ao seu e-commerce.

E é exatamente aqui que a Who entra em cena. Combinamos expertise digital com análise humana para gerar negócios aos nossos clientes, prevenindo fraudes e, o principal, aprovando com segurança. Saiba mais clicando aqui.