16/05/2023

Como proteger seus dados?

Aprenda a importância de proteger seus dados pessoais e confira dicas de como fazê-lo

Indira Bovolenta Indira Bovolenta

Não é surpresa para ninguém que vivemos em um mundo cada vez mais digitalizado e proteger seus dados se faz ainda mais necessário porque tudo pode ser feito online: comunicação, entretenimento, compras e até mesmo transações.

Embora o compartilhamento, coleta e uso de nossos dados pessoais também aconteça no mundo físico, a internet se tornou o principal meio de armazenamento de dados, ampliando o compartilhamento, coleta e uso de informações pessoais.

Mas afinal, o que são dados e por que é tão importante protegê-los? E mais importante ainda, como podemos proteger nossos dados em um ambiente tão vasto e complexo como a internet?

 É sobre essas questões que discutiremos neste post.

Por que proteger meus dados?

Em resumo, dados são valores que contém informações. Sendo assim, quando caem em mãos mal-intencionadas, podem levar a restrição a acessos e serviços, violação da intimidade, ao roubo de identidade e, consequentemente, à fraude. 

Por isso, proteger seus dados é extremamente importante. Nesse contexto, surgem dois conceitos relevantes: a Segurança da Informação e a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Proteção de dados: LGPD e Segurança da Informação

O conceito de Segurança da Informação refere-se à proteção de dados e à prevenção do acesso não autorizado a estes por meio de diversas ações e ferramentas. Ligado a isso, em 2021 entrou em vigência no Brasil a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), cujo objetivo é regular o armazenamento e uso dos dados dos usuários pelas empresas e organizações, garantindo segurança, privacidade e transparência.

Embora sejam relacionados a empresas e organizações, os princípios da Segurança da Informação e da LGPD também podem ser aplicados a pessoas físicas. Nesse caso, os dados a serem protegidos são de natureza pessoal, incluindo informações como endereço, telefone, documentos de identificação, dados bancários, entre outros.

Dicas para proteger seus dados

Confira algumas práticas para aumentar a proteção dos seus dados na internet:

  1. Ative e atualize seu antivírus e firewall

Seja no computador ou no celular, ativá-los e atualizá-los é uma das formas mais eficientes de manter seu dispositivo – e tudo que estiver nele – protegido. O antivírus irá prevenir e eliminar ameaças ao seu dispositivo e o firewall irá barrar acessos suspeitos e não autorizados.

  1. Tenha cuidado com downloads e links

Antes de clicar em um link, certifique-se de que o remetente é confiável e o endereço URL é oficial. Além disso, ao baixar arquivos e programas, tenha certeza de que o site é confiável e seguro.

  1. Tenha cuidado com o que você publica nas redes sociais

Evite expor seus dados e informações pessoais na internet. Eles podem ser usados por criminosos para aplicar golpes e fraudes, além de poderem ser usados para atentar contra sua própria segurança física.

  1. Crie senhas fortes

Senhas longas e com diversidade de tipos de caracteres são as ideais. Certifique-se de usar letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais e evite usar a mesma senha em sites diferentes. Trocá-las com frequência também ajuda a manter a segurança de seus dados.

  1. Ative a verificação de duas etapas

Também chamada de autenticação de dois fatores, ela impede que outras pessoas acessem o site ou aplicativo apenas com a senha, solicitando uma segunda verificação. A forma mais segura é usar aplicativos autenticadores que geram códigos de verificação. 

  1. Não compartilhe seus dados com outra pessoa

Seja por mensagem, e-mail ou telefone, enviar senhas, número de cartão e afins pode colocar seus dados em risco. Mesmo se o destinatário for confiável, ele ainda pode ter o dispositivo invadido, por exemplo. Por isso, evite compartilhá-los.

  1. Tenha cuidado com redes Wi-Fi públicas

Criminosos podem criar redes falsas para roubar seus dados ou mesmo interceptar aquelas que têm uma segurança precária. Assim, saiba a qual rede você está se conectando e não insira ou acesse informações confidenciais – como o aplicativo do seu banco, por exemplo – enquanto estiver conectado. 

Aqui na Who, contamos com uma série de normas e proteções para que todos os dados que são trabalhados internamente permaneçam no ambiente da Who e não vazem para terceiros. 

Who – Prevenir fraudes não precisa ser tão complicado.